Análises [6]

Tem dias em que eu acordo e, sem motivo nenhum, tudo que eu quero é que alguém me pegue pela mão e me leve embora.Pra qualquer lugar, eu nem me importo.Mas que me leve.E diria pros guris:e aí filhos,vamos?
Porque tem dias que eu fico cansada de ser eu.E nesses dias a única solução que me ocorre é de sair,pra poder ser outra.
Mas no fim das contas eu não quero ir pra lugar nenhum.Eu não quero ser mais ninguém.Eu quero que aqui,o hoje que vivo, seja melhor pra mim,do jeito que eu sou.
E ser eu até que não é ruim.É bom.Mas eu preferia que alguém me guiasse de vez em quando,pra não ter que escolher sozinha o tempo todo.


Leave a Reply