Amor é assim mesmo.


Não tem tempo, nem julgamento, nem condição, nem distancia.
Só existe.
Obrigada por tanto, amiga querida.
Amo-te.
"...Me conta se é possível esquecer uma pessoa inesquecível... me ensina a soletrar de trás pra frente, porque palavras não querem dizer muita coisa mesmo... me ensina a tomar banho de chuva no verão e cair sorrindo na grama molhada com o gosto das amizades "para sempre" na boca e a imagem de borboletas coloridas num céu de montanhas e numa terra de cascatas... me ensina a deslizar sob o asfalto, com o vento batendo no rosto e um barulho de avião nos ouvidos que a tudo silencia, menos os pensamentos de liberdade... me conta uma história de outros tempos, onde as pessoas eram apenas esperanças e possibilidades, um começinho de tudo que poderia ser... me mostra os caminhos que tu andaste, o que tu fizeste pra ser assim tão anjo, tão mulher, tão lembrança irrequieta duma criatura que jamais envelhece, jamais desiste, jamais desvanece... (segue)
...me canta com tua vozinha de sapeca (em vozes gravadas em fitas e enviadas pelo corrêio pra me fazerem lembrar do porquê amei tanto aquele lugar naquele ano de 95) uma música sem rima que diz que amar incondicionalmente é a coisa mais perfeita que existe na vida... assim, não dá bola de mais pras palavras... o ser humano, geralmente, é falho em se comunicar, mas receba no coração a minha prece que te deseja todos os teus desejos realizados... e te mantém pertinho de mim, naquele lugar onde guardamos todas as coisas boas que nos acontecem... ainda hoje, sempre... (e como se pode explicar esse gostar que não necessita de nada pra ser o que é...?!) te amo simplesmente! "


Leave a Reply