Análises [19]

Eu sou péssima com small talk.Não sei puxar assunto,não sei manter conversas superficiais por muito tempo.Tá, saber eu até sei.Mas exige muito de mim, e eu não gosto.Eu falo muito, mas eu preciso de um certo tempo para organizar as idéias na minha cabeça antes de falar.E muitas vezes durante esse tempo eu concluo que na verdade nem preciso falar.O silêncio não me incomoda, ele até chega a ser uma necessidade às vezes.Eu acredito muito naquilo que Mia Wallace disse, que você sabe que encontrou alguém especial quando consegue calar a boca um pouco e aproveitar o silêncio.
Eu sempre busco esse momento, mas poucas vezes essa busca dá certo.As pessoas tendem a confundir sillêncio com indiferença e eu não sou boa em me explicar.Tá, até sou.Mas eu não gosto.Por isso, aquelas pessoas que entendem esse lance, acabam se tornando especiais pra mim.
Semana passada tiveram dias de lua cheia.Uma lua linda, por sinal.O que por vezes poderia se transformar num inferno, já que é comum perder o controle nessas condições.Mas eu fiquei com preguiça.Preguiça de tudo que é sempre igual.Dos lugares, das pessoas, dos sentimentos repetidos, do repetitivo esforço em agir conforme a norma do "socializar".E pela primeira vez eu entendi porque as minhas repetidas tentativas de mudança culminavam sempre na repetição dos mesmos erros de antes: porque de nada adianta repetir em voz alta as promessas, se é no silêncio que elas tomam a forma de algo possível.
Coragem, nunca me falta, mas a gente não vai muito longe com a nossa coragem quando não se tem dinheiro.Então eu tenho ficado em casa.Tenho passado muito tempo assistindo tv ou jogando e dando risada com duas daquelas pessoas que sabem dividir comigo todos os silêncios , dando devida importância àqueles que querem dizer alguma coisa e sequer reparando naqueles que são apenas a tradução de uma intimidade que dispensa justificativas para as confusões que levam a esses turning points.
Acho que o grande segredo do silêncio é justamente esse: ele pode ser um abismo, mas não tem importância nenhuma quando existe uma certeza por trás dele.E eu tenho algumas certezas, por incrível que pareça.Semana passada e os dias de lua cheia me trouxeram mais algumas, novas e silenciosas, como todas as certezas devem ser.
Obrigada pela paciência!


One Response to Análises [19]

  1. gosto de ler seus pensamentos
    me dá vontade de mudar o que não sou

    ResponderExcluir