Ás de Copas

Ó,aí que eu tô ensaiando hoje pra fazer um post sério, falando sobre alguma coisa interessante, porque afinal de contas hoje é dia ímpar, terminado com 9 e a galera sabe que eu tenho fixação com esse número e tals...
Queria falar sobre as coisas sérias e difíceis que têm acontecido comigo.Sobre essa psicose emocional que os outros ficam fazendo comigo.E não estou sendo irônica.
Acontece que eu não sei se consigo, nem sei se quero conseguir.A hora que eu não ficar enjoada e com vontade de chorar só de pensar, talvez eu fale a respeito.
Por enquanto, vamos manter a vagabundagem e a futilidade em primeiro plano.Porque né,conforme pesquisas e 'opiniães alheias, no final das contas, eu não passo de uma pessoa de massa encefálica limitada  que perde uma média de 90 neurônios por noite escrevendo bobagens, bebendo ou criando alguma coisa inútil.
E hoje eu tenho que admitir o fato de que eu tô muito sem assunto.O fim do ano tá aí, aquele nervoso que me acomete nessas datas comemorativas também.E eu não tenho a mínima idéia do que eu vou fazer com isso.
Bem, tô aqui com a melhor sequência de print screen EVER e não posso postar porque seria dar pinta demais e né...num tô afim.
E porque esse post com esse título, alguém pergunta (alguém aí pergunta?). Well, tão somente porque esse post não fala sobre absolutamente nada e eu acabei de ler pela segunda vez O Dia do Curinga, do Jostein Gaarder, um dos meus livros preferidos, e cheguei a conclusão que eu sou o Ás de Copas.
E agora, José?!O que me resta? Além de beber e ficar escrevendo merdas, é claro.
Bom, então tá no ar mais uma edição da pesquisa interativa de menor audiência de todos os tempos( ninguém nem participa né, eu fico aqui postando porque eu sou desocupada mesmo, I guess)
É isso aí,responda você também o formulário mais útil que já vi na minha vida.Em tempos em que a psicopatia tá tão na moda, sempre é bom ter um desses à mão. #ficaadica



Fora isso, me resta dizer o quê? Nada, né?
Entonces, eras isso.Fica aqui aquele meu caloroso abraço para o pessoal que também se sente deslocado no mundo e que curte demais semear a discórdia.E não, eu não estou me referindo ao Big Brother dessa vez.
E por favor, não esqueçam amigoos: vocês podem me responsabilizar por toda e qualquer tragédia do mundo, mas no fim do dia, SÓ JESUS SALVA!




Leave a Reply