O que eu sei

O que eu quero
Quero ficar com você hoje à noite (senão morrerei).
O que eu deveria fazer
Esperar os minutos, as horas, talvez dias e semanas, seguindo as regras impostas do Jogo do Amor.
O que eu sinto
Estou com vontade de um telefonema seu, um e-mail, um recado, um convite, um sinal.Mais ainda de um beijo, um abraço, um amasso.../

O telefone toca quando estou debaixo do chuveiro, bem na hora do xampu.Pulo do boxe,molho o chão inteiro, o chão da sala e atendo.É engano.

O que eu quero dizer
Vamos nos ver hoje à noite?Faço um macarrão pra você.
Ou
Vamos nos ver hoje à noite? Tenho um presente pra você.
Ou
Vamos nos ver hoje à noite?A noite inteira, inteirinha?

Rabisco numa folha do meu caderninho várias frases,como "alô","pode falar um minuto?", "tudo bem contigo?","por aqui tudo bem, fora essa sensação de aperto entre a minha segunda e terceira costela,de baixo para cima, no lado esquerdo, bem aqui.Não sei exatamente o que é, mas desconfio que seja saudade."

O que eu digo
O que vai fazer hoje à noite?
E depois
Ah, tudo bem.A gente se fala outro dia.Um beijo!
Desligo.

Há mais mistérios entre o que se diz e o que se pensa e o que se quer e o que se deve e o que se faz e o que se entende do que imagina a nossa vã filosofia.
No escuro do meu quarto, a sua ausência me rasga.Quando disse que sentia sua falta, queria mesmo dizer que estou morrendo de saudade.
E,quando voltar a te ver, quero te abraçar umas nove vezes, ou até que meu corpo perca as fronteiras do seu.
E quando você começa uma frase com "eu adoro", se abre um abismo entre meus pulmões e torço para que a palavra que vem depois seja "você". Mas é sempre "a praia", ou "batata doce", ou "a cor do céu às 6 da manhã."
E quando virei de lado no meio da noite,pensei que, se estivéssemos abraçados, nada de mal poderia acontecer.
E quando peguei no sono, sonhei que estávamos numa casa onde nunca fui e você me oferecia um lugar embaixo do seu cobertor azul.
E quando te dei minha boca, queria te dar meu corpo inteiro.
E quando te dei meu corpo inteiro,queria mesmo era ficar com o seu.


Leave a Reply