O que eu sei [2]

O que eu quero


Quero ficar com você hoje à noite (senão morrerei).


O que eu deveria fazer


Esperar os minutos, as horas, talvez dias e semanas, seguindo as regras impostas do Jogo do Amor.


O que eu sinto


Ansiedade e uma pontada na costela, no lado esquerdo.


O que eu queria dizer


Vamos nos ver hoje à noite?Faço um macarrão pra você.
Ou
Vamos nos ver hoje à noite? Tenho um presente pra você.
Ou
Vamos nos ver hoje à noite?A noite inteira, inteirinha?


Rabisco numa folha do meu caderninho várias frases,como "por aqui tudo bem, fora essa sensação de aperto entre a minha segunda e terceira costela,de baixo para cima, no lado esquerdo, bem aqui.Não sei exatamente o que é, mas desconfio que seja saudade."


"quando eu te encontrar, quero te abraçar por uma semana inteira até que meu corpo perca as fronteiras do seu"


"quando você começa uma frase com "eu adoro", se abre um abismo entre meus pulmões e torço para que a palavra que vem depois seja "você". Mas é sempre "a praia", ou "batata doce", ou "a cor do céu às 6 da manhã."


Meu texto vira rascunho.Pego o telefone.Abro a geladeira.Pego o telefone.Suspiro.Pego o telefone.Tremo.

O que eu digo


O que vai fazer hoje à noite?


E depois


Ah, tudo bem.A gente se fala outro dia.


Desligo.


Leave a Reply